• Home Campos Mello Advogados coordenou operação de compra do Polo Macau pela Starboard Asset

Na mídia

Campos Mello Advogados coordenou operação de compra do Polo Macau pela Starboard Asset

12 / 08 / 2019

Escritório foi responsável pela negociação, estruturação da dívida e equity do projeto. Operação é estimada em R$ 800 milhões.

O Campos Mello Advogados (CMA) é o escritório que assessorou a Starboard Asset na operação de compra do Polo Macau, que pertencia à Petrobras. O Polo Macau está no Rio Grande do Norte e é formado pelos campos de Aratum, Lagoa do Aroeira, Macau, Porto Carão, Salina Cristal, Sanhaçu e Serra. Com a operação, a Starboard Asset se torna gestora do polo num movimento inédito: pela primeira vez um fundo de private equity assume a operação de um campo de produção on shore de petróleo. A Starboard Asset vai ser a gestora do fundo controlador da empresa 3R Petroleum, constituída para gerir campos onshore.

O Campos Mello Advogados participou de todas as etapas do processo: a negociação com a Petrobras, a estruturação da dívida assumida pelo fundo e a formação do equity. Toda a operação é estimada em R$ 800 milhões. No CMA, a operação foi liderada pelo sócio Marcus Bitencourt, com apoio dos sócios Paulo Lopes e Jorge Gallo, além das associadas Renata Amorim e Tatiana Pasqualette (societário), Barbara Bittencourt (óleo e gás), e Flavia Ferreira (bancário).

O Polo de Macau integrava um grupo de ativos que a Petrobras pretende privatizar, dentro de um programa de desinvestimento anunciado no início da atual gestão da empresa. O Polo tem produção estimada de 6 mil barris de óleo equivalente, por dia. A venda, formalizada em evento na sede da Petrobras na sexta-feira, 9 de agosto.

“A operação é emblemática. Indica que o movimento de desinvestimento da Petrobras está acelerado e que os ativos são atraentes para outros players do mercado. O Campos Mello Advogados seguirá no projeto, prestando consultoria e atendimento às demandas jurídicas da Starboard no projeto em construção”, afirma Marcus Bitencourt (co-head da área societária).