• Home Campos Mello Advogados inaugura escritório em Brasília

Publicações

Campos Mello Advogados inaugura escritório em Brasília

16 / 11 / 2020

Rio de Janeiro, 16 de novembro de 2020 – O Campos Mello Advogados (CMA) inaugura nessa segunda-feira (16/11) o escritório em Brasília (DF) para reforçar a prática de Direito Público e Assuntos Governamentais, além de passar a oferecer aos clientes atendimento e serviços completos, desde a primeira instância até os tribunais superiores. O CMA atua há 39 anos e foi pioneiro no Brasil na busca por internacionalização, o que ocorreu há dez anos por meio da cooperação com o DLA Piper, uma das maiores bancas globais. O CMA mantém operações no Rio, São Paulo, Londres e Nova York.

A presença mais robusta na capital federal vai incrementar a atuação do CMA no acompanhamento de matérias junto ao Poder Executivo e seus ministérios, do Congresso Nacional, agências reguladoras, instituições financeiras públicas e de fomento, além de entidades de controle, como o Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU). Com a ampliação da participação do setor privado em serviços concedidos, o trabalho do CMA junto às agências reguladoras também será cada vez mais estratégica.

“O CMA atua em todo o Brasil e em diversos hubs mundiais acompanhando as demandas dos clientes. Agora, a instalação em Brasília nos permitirá conectar com uma multiplicidade ainda maior de órgãos públicos”, explica Fabio Campos de Mello, managing partner do CMA.

Com origem na área de Direito Imobiliário, o CMA se tornou um escritório full service e, nos últimos anos, ampliou a atuação em mercado de capitais, energia, seguros, criminal, LGPD e segurança de dados e regulação. O reforço com a presença permanente em Brasília ocorrerá, sobretudo, nas áreas de direito público e compliance e na atuação técnica junto à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal, associações profissionais e órgãos de representação de classe. Ficarão à frente do escritório em Brasília os sócios Rafael Bussière, Carolina Caiado e Paulo Renato Barroso.

“As oportunidades geradas a partir da alteração da legislação em várias áreas, como a que desburocratizou a venda de terras e imóveis da União, a partir da aprovação da Lei 14.011/20, também vão estimular clientes a buscarem assessoria a negócios desenvolvidos a partir de Brasília”, explica Rafael Bussière, sócio do imobiliário.

“Estaremos bem próximos do centro de decisão do país. Teremos contato com a informação na fonte, sem intermediários. No mundo de hoje, informação é o bem mais precioso. Não há dúvidas que isto será um importante ativo para nossos clientes”, informa o sócio Paulo Renato Barroso. A sócia Carolina Caiado lembra que a prática do Direito Público tem se tornado cada vez mais estratégica no país nos últimas anos. “Isso ocorreu, sobretudo, após a economia brasileira iniciar um processo de redução paulatina do Estado com vários dos serviços públicos sendo transferidos à iniciativa privada por meio de concessões e parcerias público-privadas”, pondera.

O CMA vai incrementar seus serviços com a elaboração de estratégias para clientes no acompanhamento da tramitação de matérias legislativas, propostas de interesse em ministérios, além de produção de relatórios de risco e conjuntura política, preparação de notas técnicas para audiências públicas e assessoramento no contato com autoridades públicas. Vai também ampliar a atuação já existente em contenciosos de tribunais superiores. Outros setores de grande importância para a área de Direito Público e Assuntos Governamentais serão de compras públicas, incluindo as áreas de tecnologia da informação, saúde, transporte, defesa e segurança cibernética.